Notícias

Seguro Riscos de Engenharia: muito além da proteção do capital investido

janeiro 15, 2021
Novo Executivo Pottencial Seguradora
Tempo de leitura 4 min

Publicada por Estadão / Blog do Fausto

Embora muito presente em grandes projetos, a contratação do seguro ainda não é uma realidade em obras de pequeno e médio portes no Brasil

Apesar de a construção civil ter sido fortemente impactada pela pandemia do novo coronavírus, as projeções para os próximos anos ganham fôlego, motivadas, especialmente, pelos avanços em marcos regulatórios, como o do saneamento e energia elétrica, que impulsionarão, como consequência, a demanda por seguros relacionados à infraestrutura.

De extrema importância para proteção dos riscos aos quais obras e reformas estão expostas, o Seguro Riscos de Engenharia, embora muito presente em grandes projetos, ainda não é uma realidade nas obras de pequeno e médio portes no Brasil. Uma ironia, já que estamos entre os países recordistas mundiais em acidentes de trabalho, de acordo com o Observatório Digital de Saúde e Segurança e do Trabalho (colocar link), ferramenta desenvolvida pelo Ministério Público do Trabalho e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Lamentavelmente, ocupamos a quarta posição neste triste ranking que tem a China como líder. De acordo com o Observatório, são mais de 2 mil mortes por ano, no país, em canteiros de obras, indústria e outros tipos de locais sujeitos a risco laboral.

Se por um lado o brasileiro não tem como hábito prevenir, optando quase sempre por remediar, a pandemia parece estar transformando esta realidade comportamental. Alguns produtos, como o seguro de vida, dispararam desde o início da proliferação do vírus no país, em meados de março, comprovando que os cidadãos estão, finalmente, entendendo a importância de mitigar riscos e prevenir perdas, ou, como costumo dizer, enxergando as vantagens da troca do tangível pelo intangível (valor pago pelo seguro x amplitude da proteção que é proporcionada). E esta mudança tende a ser definitiva, apontando para um caminho que, ao que tudo indica, não tem volta. Pelo menos é esta a aposta do mercado segurador.

Talvez, no caso do Riscos de Engenharia, faltem informações sobre o produto. Cabe às seguradoras e corretores cada vez mais, tornarem claro todos os benefícios de sua contratação.  As vantagens são inúmeras e começam na conversa com o corretor, que   identifica os riscos envolvidos em um projeto, muitas vezes desconhecidos pelo cliente. Em uma obra predial, não é incomum o idealizador do projeto não ter conhecimento dos riscos envolvidos em uma reforma. E, às vezes, mesmo optando por contratar o seguro, não o faz da maneira correta, selecionando uma cobertura que não será adequada ou suficiente para cobrir possíveis prejuízos. A importância do corretor na orientação da contratação das coberturas necessárias é fundamental.

O seguro de Riscos de Engenharia vai muito além da proteção do capital investido, oferecendo tranquilidade e segurança às Construtoras, Incorporadoras, Empreiteiras e Proprietários de obras em construção, reforma ou ampliação, frente aos imprevistos que podem ocorrer, inclusive compreendendo prejuízos causados à terceiros. As coberturas são extremamente amplas, desde a Cobertura Básica que cobre os danos ocorridos durante à execução de obras civis  em construção e/ou instalação e montagem de equipamentos (inclusive desmoronamento de estruturas, explosão, incêndio e Roubo/Furto Qualificado), além da proteção contra fenômenos climáticos (vendaval, inundação, raios, desmoronamento, terremoto, granizo, geada etc). Existem ainda, uma série de coberturas adicionais disponíveis para contratação, como: Responsabilidade Civil Geral e Cruzada (cobertura de danos materiais e corporais eventualmente causados a terceiros); Responsabilidade Civil Empregador; Equipamentos Móveis e/ou Estacionários a Serviço da Construção e/ou Instalação e Montagem; Danos em Consequência de Erro do Projeto; entre outras.

Em outras palavras, na ocorrência de imprevistos este seguro proporciona tranquilidade e segurança aos clientes, que contarão com o suporte e recursos necessários para continuidade de suas atividades, o cumprimento de suas obrigações e a proteção de sua imagem.

 

*Paulo Marchezine é Head de Riscos Diversos e Engenharia na Pottencial Seguradora

 

Conheça os s seguros Pottencial:

Pottencial GarantiaPottencial Garantia JudicialPottencial Garantia Judicial Depósito RecursalPottencial AluguelPottencial ImobiliárioPottencial Máquinas e EquipamentosPottencial Riscos de Engenharia

Você também pode gostar